Saiba mais sobre o rastreamento e diagnóstico precoce do câncer de mama!
Publicado em 19 de outubro de 2018

Saiba mais sobre o rastreamento e diagnóstico precoce do câncer de mama!


O diagnóstico precoce do câncer de mama aumenta as chances de um tratamento eficaz e pode elevar até 95% as chances de cura. 
 
Assim, além da orientação para a observação e a autopalpação das mamas e realização da mamografia, existem ainda exames de rastreamento que podem ser realizados.
 
O sequenciamento completo dos Genes BRCA1 e BRCA2 tem como objetivo detectar variantes e classificá-las de acordo com o potencial de patogenicidade, ou seja, capacidade de causar o câncer. O teste de BRCA1 e BRCA2 é indicado para pacientes com histórico pessoal ou familiar (parentes da primeira até a terceira geração) de câncer no ovário, câncer de mama, câncer de pâncreas ou ancestralidade judaica asquenazes.
 
Inúmeros estudos têm confirmado que o CA 15-3 é o melhor marcador tumoral disponível para avaliação do câncer de mama. Possui uma baixa sensibilidade nas fases iniciais da doença, porém, nas fases mais avançadas, a sensibilidade atinge até 75%. É consenso que o CA 15-3 não deve ser usado para triagem ou diagnóstico do câncer de mama. Desta forma, seu uso fica restrito à monitorização do tratamento e detecção de recidivas. É importante lembrar que aproximadamente 5% dos indivíduos saudáveis podem apresentar níveis elevados de CA 15-3, usualmente, de forma transitória.
 
Procure um médico especialista para realização do exame clínico e de imagem e mantenha sua saúde em dia!

COMENTÁRIOS



NOTÍCIAS


Vem 2019!

Vem 2019!

Saiba mais

Viva Santo Amaro!

Viva Santo Amaro!

Saiba mais

Alerta insolação

Alerta insolação

Saiba mais

LABORATÓRIO DE PESQUISAS CLÍNICAS PLINIO BACELAR

Rua José do Patrocínio, 99 - Centro
CEP 28010-385 | Campos dos Goytacazes | RJ

NMaster | Soluções em Tecnologia